Belém do Pará, ano um. 401. | Parte 01

Foto: Maycon Nunes

À sombra dos urubus, Belém chega aos 401 anos. Foto: Maycon Nunes

Quão estranha e sofrida pode ser (ou é) uma cidade castigada pelo calor e pela chuva quase diariamente? Quão esperançosa é uma cidade que é capital de um estado que desde o hino já setencia: “teu destino é viver entre festas, do progresso, da paz e do amor”? Quão suja e abandonada é uma cidade com uma “infinidade de obras-sem-fim” e monturos de lixo, em que seus próprios habitantes e filhos não se intimidam e, em qualquer local e a qualquer momento, escarram grosso e raivosamente em dezenas de cusparadas destinadas ao solo citadino, amaldiçoando-o? Quão alegre e diversificada é uma cidade que na cultura, em que pese a gestão raquítica (pública e privada), possui uma produção rica, peculiar e instigante?
Após o quase apagado aniversário de 400 anos em 2016 (você lembra de algum grande evento na cidade no período? Uma grande reportagem? Algo que não fosse o clichê chato e insuportável de bolo-no-Ver-o-Peso-risos-e-olhares-famintos-e-baldes-com-bolos-cores-sabores-da-cidade-morena?), talvez seja hora de olhar para o passado “de relance” e, urgentemente, projetar e executar um/ no futuro ações minimamente concretas que ajudem a melhorar esta cidade. Belém pode começar então uma nova trajetória. Vive o ‘ano um’. O 401. Continuar lendo

Anúncios

Intercom divulga agenda de eventos regionais em 2017. Curitiba é logo ali!

caminho-1As edições regionais do Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Intercom em 2017 já estão definidas. A lista foi divulgada no site da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação.
Os congressos regionais serão, por ordem de período de realização: Continuar lendo

O que fica do Intercom 2016 ou “conselhos” para (jovens) pesquisadores em Comunicação

Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

De 2008 até este ano, tive mais de dez trabalhos publicados nos anais das reuniões da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, a Intercom. Por “chatice” (discernimento?), não gosto de nenhum deles. Ou melhor: só de alguns, em parte. “E olhe lá”. Na verdade nem sei o que penso sobre, não os leio depois de publicados. No máximo “consulto” vez ou outra; o texto tem vida própria e, após escrito, não se sabe o que pode ocorrer e prefiro não percorrê-los novamente. Continuar lendo

Jornada de Comunicação da Fapan e da Fapen destacará criatividade e profissionalização

Agência Experimental de Comunicação

Crédito: Agência Experimental de Comunicação

“Tu crias, mas tu te comunicas?”. Tendo este questionamento como tema, a Jornada de Comunicação da Faculdade Pan Amazônica (Fapan) e Faculdade Paraense e Ensino (Fapen) de 2015 terá como destaque não somente a discussão sobre a necessidade da criatividade e aperfeiçoamento na produção publicitária, mas também a busca por melhorias nas estratégias e discussões em todo o campo da comunicação.
Com um clash e três oficinas, o evento segue a lista de atividades inovadoras com profissionais renomados que estão se tornando marcas do Curso de Comunicação das Faculdades. Toda a programação é gratuita e aberta também a estudantes de outras instituições.
Veja a programação completa: Continuar lendo

Estão abertas as inscrições para a Agência Experimental de Comunicação

audiovisual

A Agência contará com laboratório de audiovisual, ilha de edição, rádio, espaço de convivência, sala e reunião e da coordenação.

Uma proposta ampla e inovadora. Assim pode ser definida a criação da Agência Experimental de Comunicação da Faculdade Pan Amazônica (Fapan) e da Faculdade Paraense de Ensino (Fapen).
O empreendimento visa incentivar e aperfeiçoar os conhecimentos dos alunos das duas instituições não somente na produção publicitária, mas também de um campo fundamental que a maioria de outras faculdades não dão a devida atenção ou mesmo não investem: a pesquisa.
A agência começará suas atividades no dia 09 de novembro, contando com cinco alunos da Fapen e cinco da Fapan, que serão escolhidos após processo seletivo. A equipe atuará na área de pesquisa atenta à grande variedade de temáticas universais possíveis e fugindo de clichês e lugares comuns – ultrapassados e vazios – ao se falar de Comunicação e representações e, mais especificamente, de Amazônia. Na Produção em Comunicação Integrada, as atividades serão divididas nas áreas de redes sociais, assessoria de imprensa, direção de arte, fotografia e audiovisual. Continuar lendo

A nova onda da favela

Imagem: Reprodução/ Tumblr Favela Wave

Através da estetização, a imagem de um sujeito o transforma em “homem signo” ou mesmo “homem-favela”, elemento representativo de toda a fisionomia de um espaço. Imagem: Reprodução/ Tumblr Favela Wave

Na contemporaneidade, imagens e cenários de áreas periféricas das cidades, em especial “favelas”, vão se modificando e, principalmente, passam a ter suas representações revistas, (re)criadas, estetizadas. Sejam modificações arquitetônicas (como a criação de conjuntos habitacionais ou projetos de loteamento, entre outros), sejam fatores midiáticos, como programas televisivos e discursos em redes sociais, ou ainda produções artísticas, diversos elementos colaboram para novas discussões acerca não somente do que “seria” a periferia, mas também os modos de representá-la. É neste panorama em que se nota a criação ou recriação de diversas possibilidades estéticas, inclusive das representações do espaço urbano, principalmente através da internet, além de discursos jornalísticos, publicitários e de outras ordens, que servem também como referência para o imaginário que compõe a urbe.
A partir desta mixórdia de referências, eu e o estudante de Publicidade e Propaganda e ilustrador Paulo Dias fizemos o ensaio “Cidade, contemporaneidade e (re)criação na internet: a estetização da periferia através da Favela Wave”, sobre a iniciativa carioca marcada esteticamente pela releitura do movimento estético da Vaporwave e Glitch Art. As plataformas da Favela wave apresentam/ representam os arquétipos locacionais, não somente da cidade do Rio de Janeiro, como de outras metrópoles que possuem tal construção em imagens e vídeos que mesclam signos dos “guetos” atuais com ícones de um futurismo imagético e outras características presentes em tal estética, o que chamou nossa atenção e motivou a análise do tumblr. Continuar lendo

GALO terá programação voltada para Comunicação, Cidade e Inovação

Arte: Marllon Maia

Arte: Marllon Maia

Em seu segundo ano, o GALO (Galeria de Amostras e Linguagens Originais), evento do Curso de Comunicação Social da Faculdade Pan Amazônica (Fapan) e da Faculdade Paraense de Ensino (Fapen) discutirá a Comunicação, Arte, Cidade e Inovação em Belém e na Amazônia.
Para isso, nada melhor que um verdadeiro timaço de grandes profissionais da área para apresentarem seus cases e obras e mostrarem o quanto é possível inovar e ter destaque de modo responsável e interessante. Continuar lendo